Tesouro Direto: Dicas para iniciantes. Aprenda a investir!

By | 5 de April de 2010

O objetivo deste post é fazer com que ao final da leitura, você saiba responder 5 perguntas básicas e essenciais sobre o Tesouro Direto. Estas perguntas são as informações iniciais das quais todos devem ter conhecimento antes de começar a investir. Valor la?

1. O que são títulos públicos?

Resposta: São compromissos (dívidas) assumidas por parte dos governos Federal, Estadual ou Municipal, com a intenção de arrecadar fundos para o pagamento de dívidas contraídas ou investimentos em determinados programas e ações. Os compradores de títulos públicos tem garantidos o direito de que o governo irá recomprar o título em determinada data e irá pagar na data da recompra um juro de acordo com o tipo de título negociado. Isso, em troca do dinheiro investido pelo cidadão.

2. O que é o Tesouro Direto?

Resposta: É o mecanismo pelo qual, qualquer cidadão brasileiro pode adquirir (comprar) os títulos públicos. Para comprar títulos, é necessário que o cidadão esteja cadastrado em um agente de custódia, ou seja, uma entidade, que geralmente é um banco ou uma corretora de valores, que irá guardar o título comprado pelo cidadão. Não existe mais a emissão em papel de títulos, todos os comprados atualmente ficam guardados por um agente de custódia. Após habilitar-se em um agente de custódia – procedimento que pode exigir alguns documentos – , você receberá uma senha e poderá fazer a sua primeira compra. As compras são realizadas através do site http://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro_direto/. Nele, você deverá informar o CPF e a senha cadastrada para poder realizar a compra.  A partir de R$ 200,00 já é possível investir no Tesouro Direto.

3. Existe alguma taxa?

Resposta: Sim. Existe uma taxa cobrada de custódia que é de 0,40% sobre o valor negociado ao ano. O pagamento do primeiro ano é feito no ato da compra. Se o investidor quiser restagar o título antes de completar um ano de investimento, este valor não será devolvido. Após o primeiro a taxa de custódia passa a ser proporcional ao prazo investido sendo abatida dos rendimentos e juros obtidos. Além desta taxa, os bancos e corretoras costumam cobrar uma taxa extra de serviço que geralmente fica em torno de 0,5%.

4. Existe cobrança de imposto de renda?

Resposta: Sim. A tributação é realizada na fonte sobre os rendimentos e segue as seguintes regras:

I – 22,5% (vinte e dois inteiros e cinco décimos por cento), em aplicações com prazo de até 180 (cento e oitenta) dias;
II – 20% (vinte por cento), em aplicações com prazo de 181 (cento e oitenta e um) dias até 360 (trezentos e sessenta) dias;
III – 17,5% (dezessete inteiros e cinco décimos por cento), em aplicações com prazo de 361 (trezentos e sessenta e um) dias até 720 (setecentos e vinte) dias;
IV - 15% (quinze por cento), em aplicações com prazo acima de 720 (setecentos e vinte) dias.

Bom, é isso. Espero ter esclarecido um pouco a respeito desta modalidade de investimento. Quem quiser entender melhor como funciona no Tesouro Direto, acesse o site http://www.tesouro.fazenda.gov.br/tesouro_direto/. Lá você irá encontrar todas as informações necessárias, simulações, cartilhas, cursos, enfim, é um site muito bem estruturado e com todas as informações necessárias para a compra e venda de títulos do governo. Boa leitura!

Share and Enjoy

  • Facebook
  • Twitter
  • Delicious
  • LinkedIn
  • StumbleUpon
  • Add to favorites
  • Email
  • RSS
  • HORYON5

    SAO OTIMAS INFORMACOES OBRIGADA.

  • F Everton Souza

    Eletroinfo, gostaria que você me tirasse uma dúvida. Tenho R$2.000,00 em uma conta conrrente+poupança, onde todos os meses há rendimentos, pouco mas há. A dúvida é a seguinte, você acha que devo deixar meu dinheiro nessa conta ou devo investir alguma quantia no TESOURO DIRETO?

    Desde já grato pela sua atenção,

    Atenciosamente,

    Everton

  • Evoluinfo

    Olá Everton,

    Se você não vai precisar deste dinheiro dentro de 1 a 2 anos, o tesouro direto seria uma boa opção, caso contrário deixe na poupança mesmo!

    Volte sempre!

  • Evoluinfo

    De nada! Volte sempre!

  • Everton Souza

    Muito obrigado pela resposta. Agora se você puder me dar algumas orientações com relação ao tesouro direto eu ficaria muito grato, já que eu ainda não entendo muito sobre o tesouro direto, como eu poderia investir, quanto devo investir inicialmente, se é seguro como a poupança e etc..

    Desde já agradeço novamente à sua atenção,

    Everton

  • manuelcamelo

    o banco dobrasil tem carteira do tesouro direto